sábado, 30 de maio de 2009

Pontaria para o que não interessa

Imagem - Eva Mendes

Não...não estou a falar de pontaria com arco e flecha, para a tabela de basket ou algo que tenha a ver com desporto...que eu adoro desporto!

Estou a falar de pontaria certeira para as filas do supermercado...as mais lentas de todas! Sempre que vou fazer compras, seja onde for, escolho sempre mal a caixa de pagamento. Ou a deixam de ter trocos, ou há um engano qualquer e lá vão telefonar não sei pra onde para alguém resolver o problema, ou o cliente à minha frente desatina com o pagamento multibanco...podem acontecer imensas coisas, mas acontecem! Já experimentei pedir a quem está comigo para escolher a caixa mas, deve ser por eu estar ali, vai dar no mesmo! É certinho! E é ver a "je", a stressadita do costume, a deitar fumo pelas ventas porque se estiver muito tempo de pé parada começa a doer-me as costas.

A última que me aconteceu ainda foi pior! Depois de estar à não sei quanto tempo na fila, aparece um homem todo bêbado, choca contra mim e mal abre a boca para dizer qualquer coisa em embriaguês (a língua dos bêbados!) quase entrei em coma alcoólico só com o bafo! Livra!

Algum conselho sábio? :)

15 comentários:

Le Enfant Terrible disse...

Simples, é escolher a fila mais longa, de preferência com o pessoal com aspecto mais cansado deste mundo! Se a fila for só de homens, tanto melhor, mais rápido é! Agora se forem casais com putos ou velhotes, esquece, pode até ser só uma ou duas pessoas, mas leva décadas! [E "tias" é a mesma coisa]

Swadharma disse...

Tenho um conselho e um reparo!

Conselho... anda sempre com uma bengala! Há lá umas caixas com um simbolo de um senhor com uma bengala que, por norma, são mais rápidas.

Fica o reparo (e espero que o leiam como uma brincadeira inofensiva):
Nessas mesmas caixas há mais 2 tipos de pessoas que também podem passar: uma representada por uma senhora com uma barriga grande e outra por um senhor numa cadeira de rodas.
É assim... a bengala eu percebo! A barriguda também, afinal não é fácil estar na fila um tempão apoiado numa bengala ou com uma barriga que impede de ver os pés...mas porque é que quem está sentado na cadeira tem prioridade?
Não se cansa mais que os outros! =D

(É apenas brincadeira, lol)

S* disse...

Minha querida, lamento dizer-te mas eu sofro do mesmo mal. Ou acabam as notas, ou o cartao da pessoa que quer pagar nao funciona, ou sao simplesmente chatos que nao deixam a fila andar para a frente!

lol

E sim, a tua brincadeira faz sentido. lol

Menino do mar disse...

Flôr, eu também sofria do mesmo mal, até que descobri a pólvora, ir a caixas onde estejam ciganos!!! Impecável, aguentas o cheiro e ninguém se aproxima e a senhora da caixa despacha-os rapido rapido :))))

Beijo

Gingerbread Girl disse...

A Eva Mendes estava na fila?!?



=|

Mika disse...

Epah, eu tenho uma grande pontaria em escolher os caminhos mais compridos. Ou seja, quando estou a guiar, e estou a escolher um itenerário fora do comum, tenho a habilidade especial de escolher o mais longo do que se fosse pelo caminho normal :P

Marisa disse...

Tenho um conselho sábio: compra pela net.
Ah,só querias comprar pão!? Então não sei :/

Deixei de comprar pão.

(Não ligues. Estou armada em tótó)

Beijoca.

Giovana disse...

Acredito que você possui atração pela Lei de Murphy!

:-)

Beijos!

sakura disse...

Le Enfant Terrible: obrigada pelos conselhos e pela visita! Tenho de experimentar essa teoria! :)

Swadharma: a bengala não me fica lá muito bem :p
Quanto à brincadeira, tem todo o sentido do mundo! Devia haver alguém que ajudasse quem anda de cadeira de rodas na tarefa de fazer as compras porque haver apenas uma caixa prioritária não resolve a dificuldade de acesso aos produtos e a parte final (o estar na fila) não cansa!
Muito bem pensado! :)

S*: estava a pensar que isto das filas era só comigo!! ;) afinal não sou a única!

Menino do mar: se não me tentarem ler a sina eu aguento! Mas a um metro de distância no minimo!
O menino chamou-me Flôr...gostei! ;)

Gingerbread Girl: a Eva Mendes não estava na fila e ainda bem porque senão eu ainda demorava mais à espera que a moça acabasse de dar autografos! :)

Mika: pois, os homens são conhecidos por nunca perguntarem o caminho para lado nenhum!

Marisa: no hiper quando posso vou para as caixas self-service mas o pior é que o Pingo Doce ainda não tem, e é mesmo ao lado de casa!

Giovana: parece mesmo! Tenho de começar a pensar mais positivo! :)

Beijinhos a todos vocês! ***

Menino do mar disse...

Sim, flôr... sakura, flôr de cerejeira :))))

sakura disse...

Menino do mar: eu sei, mas aqui no blog ninguém me chamou de flôr até agora! ;)

Menino do mar disse...

There's a first time for everything...

e a verdade é que adoro as flores das cerejeiras, e foi o que me fizeste lembrar, portanto, a partir de hoje, és a flôr :DD

sakura disse...

Eu também adoro, por isso escolhi este nome, e por tudo o que ele representa.
És um querido! :D

Anónimo disse...

Pois, como eu te compreendo! É tão frustrante escolheres a fila que achas ser melhor, e por fim notas que as dos lados, movimentam-se bem mais depressa que a tua. Curioso que isso também me acontece imensas vezes... Mas não é só com as filas nos supermercados! Um dos casos mais flagrantes que acontece comigo, é escolher o melhor caminho, por exemplo. Se tiver vários caminhos à minha escolha, para o mesmo destino, escolho sempre, mas mesmo sempre o pior! :o)

Mas olha, tens que usar o meu truque para as filas no supermercado... Escolhes o perfume mais pestilento que tens em casa (até pode ser um spray anti-melga :oP), usas quase meio frasco em ti própria, e depois podes ir fazer as compras à vontade. Na altura de pagar, vais ver que passados uns minutos, ficas com a caixa só para ti! Lol

Beijinhos,
Rob

sakura disse...

Rob: não estou para andar mal cheirosa só para ter uma caixa só para mim! :) mas podes testar a ideia e depois dizes como correu! :p
Beijinho*