terça-feira, 2 de junho de 2009

I've got the power


Ao longo dos meus 29 aninhos já me magoaram muito, já tropecei muitas vezes, caí e voltei a levantar-me. Magoaram-me pessoas que nunca pensei que o fizessem, pessoas em quem depositava toda a minha confiança, em quem acreditava...outras por me desiludirem de formas que eu não achava ser possível. Cheguei a ir contra os meus próprios valores e crenças (uma só vez mas aconteceu) por alguém que não o merecia.

Fico de rastos quando isso acontece. Demoro imenso a cair em mim...a perceber o que de facto se passou. E quantas e quantas vezes acabo por perceber que andei a fazer figuras ridículas a lutar por alguém ou por algo que não fazia qualquer sentido.

Quando gostamos de alguém a 100 (dêem-lhe a medida que quiserem...%, km/h, peso ou medida tanto faz) e a pessoa só gosta de nós a 80, mesmo que isso seja bastante...it's not enough! Quantas vezes cheguei à conclusão de que essa pessoa afinal não era merecedora do meu amor por uma, duas ou até mil razões...pelo que me fez passar, porque não me respeitou ou outra coisa qualquer? Foram algumas vezes, não muitas...felizmente!

E o que faço quando isso acontece? Deixo de falar à pessoa e desejo-lhe mal...digo cobras e lagartos dela? Nem por isso. Normalmente fecho-me na minha concha por uns dias até a tempestade passar....e depois...perdoo.

Tenho de perdoar quem me magoou porque esses sentimentos (raiva, ira, revolta e todas essas belas coisas do género) fazem-me mal, e fico cada vez pior se me puser a remoer. E não quero dar a essas pessoas o poder de me fazerem sentir mal com elas e comigo mesma. Não quero, não posso e não lhes dou esse poder. Eu perdoo, é certo, mas nunca esqueço, não apago da memória, isso é pedir demais.

15 comentários:

S* disse...

Ola linda. Começo por dizer que estas um arraso na foto do perfil. Cabelo lindo! :D
Tambem ja me magoaram muito e acho que a atitude a ter é essa: nao guardar rancor. Ignorar é o caminho. :) Eu sei perdoar. E orgulho-me disso.

Mika disse...

Se uma pessoa não sabe perdoar, vai acabar por guardar esse rencor, furia, etc durante o resto da vida e nunca vai conseguir ser feliz. E como tu dizes, podemos perdoar, mas nunca esquecer do que aconteceu!

Swadharma disse...

E eu concordo com a S, ta uma foto linda!
Belo costelado =D Ahahaha

Sim... VINGA-TE dele(s) sabes como?
Sendo feliz! Muito feliz e dando tudo de ti a quem mereça e dê os 100 também*

Beijo*

Dexter disse...

Nem mais, perdoar, mas nunca esquecer, senão tendemos a cair nos mesmos erros numa relação futura...é o chamado "efeito bola de neve"...

GiGi disse...

"Not forgiven, not forgoten"

Eu não perdôo. Jamais esqueço quando alguém pega meus valores e os pisoteia sem consciência e consideração algumas. Fora quando não os usa contra mim.

A fim de não chegar à autodestruição devido a sentimentos de raiva, rancor e até ódio, prefiro tentar cultivar a indiferença, que é, simplesmente, o sentir NADA pela pessoa em questão. Não é esquecer, não é "fingir que não existe". Somente... Nada sentir, o que é muito difícil e demanda tempo, experiência e muita dor.

Dependendo do que o outro nos faz, é possível compreendê-lo e assumir nossos erros perante ele, quando existem. Assim, torna-se menos sofrida a situação e aprendemos a encarar de outras formas o mesmo problema e, assim, solucioná-lo pela melhor forma possível. Do contrário, considerar o que expus acima.

Aliás, é você nesta na foto? O cabelo está parecido com a foto do perfil! :-)

Apesar de tudo, o mais importante é ser sincera consigo mesma. Não perdoar porque convém, mas porque faz bem e se consigue fazê-lo naturalmente, sem forçar. Sem culpa alguma.

Um beijo!

Menino do mar disse...

Eu não perdôo nem deixo de perdoar, acho que cada um segue o seu caminho, e a vida acaba por lhe mostrar se seguiu a estrada certa ou a errada.
Querem ser maus e mesquinhos, força... não é comigo que vão ter que prestar contas um dia, é com o universo e esse sim, não lhes perdoa de certeza.

Beijo para ti flôr mai linda :))))

Hermione disse...

é o que eu digo semre, perdoar nao é esquecer. e se nos entregamos a 100% é mais que justo esperar o mesmo. nao nos devemos conformar com os 80%

bessos*

Olhos Dourados disse...

Sabes, somos muito parecidas nesse aspecto!

Gingerbread Girl disse...

The best revenge is be happy... ;)


*

o dono do blog disse...

Normalmente é assim, são as pessoas de quem gostamos que mais nos magoam. Os outros não contam para nada e nem nos chegam a magoar.
Perdoar... é um conceito demasiado abstracto para que consiga quantificar mas em regra e pelos padrões estabelecidos sobre o que é o perdão, eu nem esqueço, nem perdoo.
Gosto de retribuir as "ofertas" e se puder ser em dobro, ainda melhor.
Já me lixaram tanto e tantas vezes, que não acredite que haja quem não consegue matar. Eu conseguia matar certas pessoas como se fossem simples insectos.
Há gente tão malvada que parece terem vindo ao mundo para fazer despertar o ódio em quem só conhecia o amor.
Puta que os pariu!

Beijinho

sakura disse...

S*: ainda bem que gostaste da foto! Resolvi mostrar um pedacinho de mim!
Tal como tu, também gosto de ser assim, de saber perdoar e seguir em frente :)

Mika: é por achar que não devo guardar maus sentimentos que faço isso, perdoo. And move on!

Swadharma: eu sou de raça magra...não muito magricela mas aquelas minhas asas teimam em aparecer! ;)
Quanto ao resto é assim que eu penso, quero ser MUITO FELIZ e encontrar a tal borboleta que me dê os 100 tal como lhe vou dar a ele!

Dexter: e eu não quero essas bolas de neve. Quero paz para mim...e assim também cresço e aprendo com os erros :)

GiGi: não perdoo por ser fácil, mas por ser algo natural para mim, algo que tenho de fazer para seguir com a minha vida em paz.
Não sou eu na foto do post ;) só na do perfil, mas o cabelo está mesmo parecido!

Menino do mar: sabes que eu acredito nisso? Nas boas e más energias e que as nossas acções têm consequências mesmo que não sejam imediatadas? Acredito mesmo.
Agora deixaste-me babada com isso da flôr mai linda ;)

Hermione: se não nos entregamos na mesma medida as coisas acabam por não funcionar.

Olhos Dourados: e eu gosto de ser assim :)

Gingerbread Girl: concordo totalmente!

O dono do blog: é às pessoas de quem mais gostamos que exigimos mais de si...
Mas quando me magoam, nem isso merecem. Não merecem o tempo que passo a pensar nelas nem que dispenda energia a dar-lhes o troco...mais vale ignorar.

Beijinho grande para todos!

Bridge To Solace disse...

Hmm. Não sei bem o que dizer. Concordo contigo em grande parte, discordo noutras. Será que se perdoa realmente se não formos capazes de esquecer? Let’s face it, isso servirá sempre de moeda de troca em determinado de tempo. Eu próprio não esqueço, e duvido se de facto perdoei. Principalmente se me perdoei a mim mesmo. Algo por aí. Gostava que aprofundasses este tema.
Bj

sakura disse...

Bridge To Solace: essa questão que me colocas é muito boa...será que fica mesmo perdoado? Eu acho que sim...mas prometo que vou pensar no assunto e escrever um novo post sobre o tema :)
Gosto que me façam pensar e reflectir sobre aquilo que penso ou digo...estás à vontade para o fazer ;)
Beijinhos*

Metade da Laranja disse...

Essa é uma belíssima atitude da tua parte: libertares-te dos maus sentimentos, coisa que nem sempre é fácil de fazer...

Grande beijinho :)

sakura disse...

Metade da Laranja: não é nada fácil, mas com um bocadinho de vontade consegue-se deixar os maus sentimentos de parte :)
Beijinho*