sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Strong words...



A propósito do meu último post... Existem palavras demasiado fortes?
Palavras como para sempre, nunca, jamais...
São demasiado fortes?

Ao longo da minha vida aprendi que dizer nunca pode ser arriscado, que há coisas que pensamos que nunca nos poderiam acontecer e acontecem... Coisas que muitas vezes podem revelar-se maravilhosas, uma boa surpresa e dar-nos uma lição.

Dizer que algo é para sempre pode também ser arriscado...mas, quando o sentimento existe (e ele existe mesmo), eu prefiro arriscar.

Porque não sou pessoa de gostar pela metade. Aliás, isto só me faz lembrar aqueles anúncios a alimentos light...o sabor por inteiro e as calorias pela metade...dah!! Ou gosto ou não gosto. E quando gosto, gosto mesmo, entrego-me de corpo e alma, sem medo das consequências. Não penso que um dia tudo pode ter fim...não. Para mim as coisas não podem ser assim.
Porque não corto os laços com as pessoas só porque dá cá aquela palha...não o faço.
As coisas podem não dar certo...os amigos podem ir morar para longe de nós...mas sabemos com quem podemos contar.
E eu estou sempre aqui para a minha família, para os meus amigos e para ti meu amor. Sempre.

17 comentários:

Miss Complicações disse...

Sempre, nunca e jamais, não são mas do que palavras propicias a desilusões. Há que jogar pelo seguro. Há que evitar proferir tais palavras. Quem as utilizar, está inconscientemente, a enganar-se.
É a minha opinião... nada mais que uma opinião.
*

sakura disse...

Miss Complicações:
podes pensar que são palavras propícias a desilusões, e neste blog todas as opiniões contam :)
Mas sabes, se não pensares que podes estar com alguém para sempre, para quê investir tanto sentimento? Pelo tempo que se passa junto, pelos bons momentos? Pode ser...
Mas, eu sou uma eterna romântica e prefiro pensar que é para sempre, sentir que é para sempre.
Mesmo que já me tenha desiludido anteriormente...aprendi com as relações passadas, evoluí...mas não deixo de acreditar no forever and ever.
*

Lia disse...

estou ctg, se n for p sempre, c todo o sentimento n vale a pena sequer começar. se pode acabar??? claro que pode...mas se vamos a pensar assim, p quê começar???

jocas gordas

Aninhas disse...

Eu concordo contigo, embora muitas pessoas me critiquem por isso...
Já aprendi a não dizer que "nunca farei isto ou aquilo", porque a vida tem uma maneira estranha de nos trocar as voltas...
Mas, a palavra "sempre", no sentido que colocaste no teu post anterior já a proferi muitas vezes em diálogo com o meu mais que tudo... É arriscado? Sim é, pois nunca sabemos o que o futuro nos reserva, mas quando o sentimento é forte acho que vale a pena arriscarmos um pouco... Se naquele momento é aquilo que eu sinto, que vou estar sempre ao seu lado é o que eu digo...
Sou uma romântica inveretada que ainda a acredita no "happy ever after" das histórias de encantar :-) e que chora em filmes como o Diário da Nossa Paixão, sonhando viver um amor assim...

Bjx

Mna. Margarida disse...

Não acho que sejam fortes! Acho que devem ser ditas apenas se as sentir-mos!...

Dizer "Vou amar-te para sempre" só é forte se for mesmo sentido!... O "para sempre" até pode só durar umas semanas, mas naquile momento é o que sentimos! E se sentimos devemos dizer!

Dizer que nunca vamos perdoar alguém é forte, mas na altura em que dizemos é porque sentimos, então só temos de dizer...

;)

Beijinhos Sakurinha!

suspiro de baunilha disse...

Tenho muita pena mesmo de não conseguir acreditar nessas palavras! Já acreditei no passado mas a vida fez-me desacreditar no amor e ainda ando à nora para o encontrar novamente! Sei que esse dia vai chegar mas por enquanto não dá... Ainda estou á espera que entre na minha vida alguem que me faça acreditar em tudo isso mais uma vez! E que seja a última vez! ;) beijinhos e mantém esse sentimento lindo que nem todos temos o prazer de poder ter

sakura disse...

Lia:
É isso mesmo. Se estamos logo no início a pensar que pode acabar...para quê começar algo com uma nuvem a pairar por cima de nós?
Bjinhos***

Aninhas:
Pode ser arriscado, mas não são palavras despidas de sentido, se o sentimento estiver todo lá :)
Ou se ama a 100% ou não se ama... Não há o gosto de ti assim-assim e por isso não tenho a certeza...para mim não resultam coisas pela metade.
Somos duas românticas :)
Bjinhos***

Mna.Margarida:
Os sentimentos falam mais alto do que a razão. Mesmo que o nosso lado racional possa estar a puxar-nos para terra...o coração bate mais forte e mais alto :) e faz-nos sonhar, faz-nos voar para longe onde todos os sonhos se concretizam.
Bjinhos***

suspiro de baunilha: espero que um dia apareça alguém no teu caminho, na tua vida e que te faça acreditar nestas palavras. Espero mesmo, de coração.
Foi pelo que disseste no comentário ao post anterior que escrevi este post :)
Bjinhos***

Le Enfant Terrible disse...

A força das palavras depende não do seu significado, mas sim da sinceridade e sentimento com que as pronunciamos.

suspiro de baunilha disse...

Sakura eu percebi...
E por isso é que vim aqui tentar "remediar" o que disse... ;)

Swadharma disse...

Miss Complicações: Eu jamais vou ter relações sexuais com um homem!
E não... não me estou a iludir ;)
Há coisas que NUNCA fazemos durante a vida. Há coisas que JAMAIS conseguimos fazer, por muito que queira e há coisas que vamos SEMPRE conseguir.
As palavras existem, têm significados e sinónimos e nenhum deles é ilusão!
;)
Beijo para a Miss e para a Sakura

*

Menino do mar disse...

Eu gosto de ti, por inteiro... não deixo nem um cadinho de fora :)))))))))

Ai como é bom saltar de cabeça para a piscina....

Beijo amor

sakura disse...

Le Enfant Terrible:
Tens toda a razão. A força está no sentimento. Porque se não houver sentimento até uma palavra mais "forte" soa a "fraca".
Bjinho*

suspiro de baunilha:
Não tens de remediar nada :) aqui todas as opiniões são bem vindas. E além disso cada um tem a sua própria experiência de vida.
Bjinhos***

Swadharma:
A Miss estava a falar de a vida por vezes nos trocar as voltas, acho que era a isso que se estava a referir.
Bjinho*

sakura disse...

E agora só para o meu amor...

Menino do mar:
Que bom que é por inteiro que gostas de mim :)))
Também gosto de ti assim...inteirinho!
Damos a mão e saltamos juntos na piscina?
Beijo imenso para ti*
Flor

Swadharma disse...

E agora mete-se a vela (que sou eu) =P

Sakura... tás chateada comigo? =( Não te tenho visto no meu cantinho... snif, snif!

sakura disse...

Chateada não estou Swad.
Só estranhei a forma como comentaste um post há um tempo atrás. Em que, pelo que dizes, parece ou transparece algo mais que não existe...

Quanto a não aparecer tanto no teu cantinho...também tenho visitado menos os outros blogs porque ando cheia de trabalho, o tempo não chega para tudo, e ainda estou aqui a más horas :S

Miss Complicações disse...

Sakura,

Acho que na vida mais vale arrependermo-nos de algo que fizemos ou dissemos, do que algo que não fizemos ou ficou por dizer. A vida deve ser vivida ao momento e com intensidade, seja ela aventura, romantismo, loucura... seja o que for.

Quando eu falo em não referir palavras como nunca, sempre e jamais é no sentido de que ninguém pode ter a certeza de nada. A vida dá muitas voltas...

No entanto o importante é que sejamos felizes, seja de que forma for.. Eu não sou romântica. Sou muito terra à terra mas é assim que consigo encontrar o meu equilíbrio. Se para viveres necessitas de romantismo que assim seja.

Swadharma:

Eu não digo nunca, jamais e para sempre, a nada…
Parto do principio que nunca amarei uma mulher como amo o meu namorado. Mas nunca se sabe... Sei lá se e um dia para o outro não descubro que sou homosexual!!! Acho que nunca vai acontecer, mas não sei... (espero bem que não):)

Swadharma disse...

Miss Complicações: Eu não utilizo a expressão "Deus Queira", ou "Oh meu Deus" (mesmo a variante OMG é raro). São 'coisas' nossas =)Por acaso eu sou das pessoas que diz "Para Sempre e Jamais" a muitas coisas.Mas também espero não ter que me arrepender =P

Sakura: Qual Post? =S