quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Gente para todos os gostos



Ando cansada. O trabalho lá na empresa é muito, e andamos numa fase de mudanças o que implica trabalho a dobrar, ou perto disso.
Não vos vou estar a falar aqui do trabalho em si, mas antes das pessoas que por lá aparecem. Por vezes, são capazes de me deixar com os nervos à flor da pele.
Há gente para todos os gostos. Gente que não sabe desenvencilhar-se sozinha, gente que não sabe ler (ou são demasiado preguiçosos para isso, porque não estou a falar de analfabetismo), gente burra que nem explicando a mesma coisa de trinta maneiras diferentes consegue entender, gente estúpida e mal educada. Estes, tiram-me do sério.
Mas claro, depois há o contraponto. Pessoas educadas, sensíveis, pacientes, que prestam realmente atenção ao que digo. Pessoas simpáticas com quem dá gosto falar e que no fim me deixam com um sorriso quando dizem que sou uma boa profissional. Assim, dá gosto trabalhar.
São dois lados da mesma moeda, que não vão deixar de existir.

12 comentários:

Miles to go... disse...

Muita razão! Há de tudo por aí...

Prémio no meu blog:

http://milestgo.blogspot.com/2009/10/premio.html

:)

L'Enfant Terrible disse...

E temos de aprender a viver com isso!

Lia disse...

é o lado mau que nos faz dar mais valor ao lado bom... a vida é mesmo assim!

Jocas gordas

Patrícia disse...

Desde que vás tendo paciência para aturar a parte má e a parte boa for sempre existindo vale a pena. De qualquer das formas se achas que não te sentes bem, muda. A mudança muitas vezes é positiva. Mesmo que não mudes de trabalho, muda de atitude.

evita sai-me da mota disse...

E é bom quando nos reconhecem como boas profissionais;)
Aquece-nos o coração!
Beijoca para ti querida

Lisa disse...

Quem lida diariamente com pessoas, conhece bem essas duas faces da moeda.
Há dias em que nos sentimos bem, até felizes, porque tivemos o prazer de cruzarmos com pessoas decentes, profissionais e com educação. Outros apetece quase levar tudo a frente, porque nos trataram mal, nos fizerem sentir estupidas e nos causaram transtorno...

É a vida, mas para mim sabe bem, dá-me a conhecer varias vertentes e faz-me pensar em como ser melhor ainda.

Eu tambem ja lidei com pessoas em trabalho e vou voltar a lidar... e ja ando aqui contente porque pelo menos de uma coisa sei... vou ter pano para mangas para varios post no blog!!! ;)

Olhos Dourados disse...

O melhor é abstraíres-te das que não vale a pena.

Hyndra disse...

É verdade e nós temso que tentar adaptar-nos às pessoas que os vão passado pelo caminho!

Mimo para ti no meu blogue.

emme disse...

É preciso é muita paciência, muitaa ...

Susaninha disse...

TENS RAZÃO..SÃO DOIS LADOS, QUE NUNCA DEIXARÃO DE EXISTIR:):):)
MAS QUE VENHAM OS SIMPATICOS E BONS:):)
SUUUUUUUUrrisinhos:)

disse...

também tenho andado numa fase complicada em que as fragilidades das relações facilmente emergem nos momentos mais tensos, de maior stress. É mesmo assim...

PB disse...

Como em todo o lado, mas devemos focar-nos no bom e não no mau!
Saudações