quinta-feira, 2 de julho de 2009

A vida dela dava um filme

Eva Longoria

Quando a R. me contou esta história eu mal podia acreditar que, nos dias de hoje, estas coisas acontecem...

A R. é minha amiga, trabalhamos na mesma empresa, na mesma secção.

Ela tem outro emprego no centro de Lisboa e todos os dias ia almoçar ao mesmo restaurante... O filho da dona do restaurante (o B.) encantou-se por ela, fez charme, fez piadas, olhinhos e tuditudo... Ela encantou-se por ele. Começaram a sair juntos e a R. apaixonou-se...e ele, bem...ele nem tanto.

O B. tinha saído de uma relação recente...o B. tem uma família rica, com muito dinheiro...a ex-namorada do B. também é rica...

A mãe do B. descobre que ele está a gostar de alguém que não tem tanto dinheiro quanto eles e resolve infernizar a vida da minha amiga R...e a dele também.

A mulher proibiu a R. de entrar no seu restaurante, colocou o filho fora de casa e fez-lhe ameaças... Esta mulher quando soube que o filho tinha passado a noite com a R., mandou segui-los no dia seguinte para saber cada passo que eles dão... Sim, mandou segui-los.

Esta mulher. mãe do B., fez um escândalo à frente do local de trabalho da R., a ponto de ela ter de chamar a policia... E ameaçou ir ao seu segundo emprego para lhe fazer a vida negra por lá também...

O B. não sabe se há-de enfrentar a mãe e ficar com a R....porque tem muito a perder (leia-se bens materiais)... A R. já não sabe o que fazer, se há-de lutar por ele ou não. A R. mal dorme com tudo isto que se está a passar.

Filme? Não. Algures na cidade de Lisboa.

Fica a faltar nesta história tudo o que de mal a ex do B. aprontou...

Talvez noutro post...

15 comentários:

Olhos Dourados disse...

Oh que mentalidades tão decadentes, essas da familia do B.

_Malinha viajante disse...

As histórias de Lisboa dariam uma série!!:))
bjs

evita sai-me da mota disse...

wtf??
isto é surreal...
as pessoas não se medem pelo dinheiro e/ou estatuto que têm.
Beijinho para ti e para a R. que deve estar a passar um mau bocado

Swadharma disse...

Quanto a isso do dinheiro... pois é óbvio que diz-me pouco e, entre o amor de uma mulher e o dinheiro... venha a mulher, que o dinheiro não dá mimos, beijos, companheirismo, afectos...

Eu não sou bom exemplo para ninguém mas se alguém um dia pensar em vir a um qualquer local para me difamar, que tenha muita atenção porque eu também chamo a polícia... só que a polícia leva-me a mim. Para quem me estiver a fazer a vida negra... vem o INEM!

*

Dina disse...

No século XXI estas histórias ainda existem?? Inacreditável... Mais uma prova que esta gentinha com dinheiro perde facilmente a postura!! Força para a tua amiga que bem precisa ;)

Giovana disse...

Este meu pensamento pode até ser considerado radical. Mas, há mulheres que não deveriam, em hipótese alguma, ter filhos.

Pepper disse...

Bem...
Gente que tem muito dinheiro pouco ou nada vale e não estou a falar daquelas famílias em que o dinheiro já vem do bisavô, estou mesmo a falar dos novos ricos.
Nem queria estar na pele da tua amiga!
Beijinhos e força para ela.

Mag disse...

Mas há pessoas que ainda hesitam entre amor e dinheiro? My God!

Em minha opinião, quem ainda ama tanto assim o dinheiro que o considera superior à felicidade, é porque morre à míngua de falta de amor... por si mesmo!!!!!

Dexter disse...

Se ele de facto gostar dela, podes ter a certeza que fica com ela...a menos que seja um banana...

É incrível como nos dias de hoje ainda existem pessoas assim...

o dono do blog disse...

Parece um filme indiano, dos anos 80.
Parece mentira que ainda haja gente assim, no século XXI.

Bay, bay.
Fui de férias.

Beijinho

Metade da Laranja disse...

Isso realmente é uma grande chatice - é que é tudo a ajudar - a mãe, a ex e tudo o mais que se possa perder. É preciso ter muita certeza do que se pretende para poder tomar uma posição. Acho que nenhum dos dois (seja a tua amiga ou o B.) está numa situação muito agradável. Só que eles sentem um pelo outro é que poderá determinar se querem lutar ou não. Porque isso é bem complicado. Desejo muita sorte e força aos dois.

Beijinhos *******

Metade da Laranja disse...

sakura,
Há um mimo para ti no meu blog...espero que gostes :)

Beijinhos

Cat disse...

Incrivel ainda existirem pessoas assim! :O

MARIINHA disse...

Como é que no século XXI ainda existem dessas histórias. Há pessoas que só pensam em cifrões, toda a sua vida gira à volta do dinheiro. Até nos relacionamentos. Mas se eles gostarem mesmo um do outro vão conseguir, é preciso muita determinação. Bjs e Bom Fim de Semana

S* disse...

Choca-me pensar que ainda existe gente assim limitadinha de cabeça... e de coraçao!