quinta-feira, 16 de julho de 2009

Balance and relax

Porque é que, quando temos tudo o que precisamos para ser felizes, damos tanta importância a pequenas coisas, pequenos nadas, que nos fazem sentir mal?

Pequenas coisas, situações facilmente ultrapassáveis, com um pouco de calma e sabedoria, com o apoio daqueles que nos amam e que sabemos que estão sempre lá...

Se deixarmos, ganham proporções erradas e desmedidas...ganham a importância que não têm...

Se deixarmos, estamos a dar mais importância à excepção do que à regra...estamos a deixar que o Nada nos domine os pensamentos quando é no Tudo que devemos pensar...

Preciso de ter calma... Preciso de ver as coisas pelo prisma certo...

Mas eu sei que tenho um farol na minha vida. Aquele que me indica o caminho certo...o de regresso ao porto seguro onde me sinto bem. Onde posso relaxar e colocar as ideias em ordem...onde finalmente fico em Paz.

E tu és tudo...
O farol que indica o caminho...
O porto seguro que me acolhe...
O local onde me sinto em paz...nos teus braços.
Para ti, meu Amor.

12 comentários:

Swadharma disse...

Chegou a velinha!
=D

Sakura... está nas nossas mãos ter grande parte do controlo da nossa vida.
Num curso de Cuidados Básicos na Saúde que estou a tirar, vimos um video sobre os monges Budistas. Foram estudar a sua mente em meditação e repararam que eles conseguiam canalizar toda a energia para o cortex do cérebro onde se situam os receptores de felicidade, paz, harmonia... e por isso, eles têm uma mente tão limpa e desprovida do stress.
No fundo, todos nós temos a capacidade de treinar o cérebro para fugir aos problemas.
E esse já é um bom porto.
Depois quem tem a sorte de ter um farol e tudo... ainda tem um porto mais seguro, lol =D

Beijo*

Olhos Dourados disse...

Como te compreendo!

_Malinha viajante disse...

O meu comentário para este teu post parece-me que é o que acabo de publicar!!:))
bjs girl :))

GiGi disse...

Poxa vida... Nem eu sei! E olha que já me encontrei neste dilema, não faz muito tempo. E sempre estou com ele a me deparar, dia a dia.

Talvez, porque queremos que tudo seja perfeito, tudo saia como nós queremos e não como se é.

E, talvez, porque tenhamos dificuldade em direcionar o sentido de tudo o que acontece para nos tornarmos pessoas melhores.

Um beijo! Suas exposições mexem com a gente! Faz-nos perceber que não somos as únicas pessoas a sentir e pensar de determinada forma...

Hermione disse...

nos mulheres temos realmente a capacidade de pensar em tudo e de pegar em tudo, pq vemos os pormenores todos.. mas pronto, é impossivel mudar isso :p
beijinho

Saltos Altos Vermelhos disse...

é bonitoooooo! De se ver!!!

JS disse...

Que bom Sakura, todos deviamos ter um farol nas nossas vidas...e também nós o sermos para alguém.

kiss me quick disse...

adorei o texto ^^

xxx from kissmequick

Metade da Laranja disse...

Gostei muito de ler este post...às vezes acontece termos esses momentos de introspecção, mas depois passa e encontramos de novo o nosso trilho :)

Beijinhos :) ***************

suspiro de baunilha disse...

Eu também tenho um farol naminha vida... A pena é que ás vezes a lâmpada funde! e ando um bocado ás escuras...

Gingerbread Girl disse...

O que é que uma pessoa há-de fazer?!?

Somos meio totós por natureza. -.-'


*

Vani disse...

Pois. Eu, Miss Stressada, Miss tempestade em copo de água, não sei isso? ai ai ai, gostava de ser budista...:D