quinta-feira, 22 de julho de 2010

Tv e o bom Português


Eu adoro as séries da FOX e da FOXLife, a sério que adoro. Mas, o que me tira mesmo do sério é o completo desrespeito e assassinato do Português.
Não me considero uma expert no assunto. Sou da área das ciências e não das letras. Por outro lado, faz-me mesmo confusão a quantidade de erros ortográficos num só episódio. E a construção das frases? Credo! E a tradução de certas expressões? É de bradar aos céus! Só mostra que quem traduz não percebe o significado nem o contexto do que foi dito.
Uma expressão assassinada que apanhei hoje foi algo como: "ainda bem que ela tinha pagado" em vez de "ainda bem que ela tinha pago".
É só a mim que isto soa mal???

9 comentários:

Nadyta disse...

Realmente também me mete confusão :/

Lia disse...

não, não é só a ti...eu e o meu homem até fazemos apostas a ver quem encontra mais erros...

S* disse...

Pagado é priceless. O cúmulo.

Olhos Dourados disse...

Humm, não estão as duas formas deste particípio correctas: pago e pagado?...

http://pt.wikipedia.org/wiki/Partic%C3%ADpio

Raio-de-Luar disse...

Tens razão no que se refere às calinadas e pontapés na gramática que muitas vezes surgem nas legendas, bem como as más traduções. Mas o exemplo que referes está correcto. Estranho? Sim, eu sei... mas está correcto. Se quiseres, podes ver aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Partic%C3%ADpio

ianita disse...

Pode até soar mal, mas é correcto.

Com o auxiliar "ter" usa-se a forma regular do particípio, logo, "tinha pagado" "tinha limpado" "tinha matado", etc.

Em contrapartida, com os auxiliares "ser" e "estar" usa-se a forma irregular do particípio, logo, "estava/era limpo" "é/está pago" "é/está morto".

Claro que isto se aplica aos verbos que têm duas formas de particípio. Muitos verbos só têm uma forma, logo, usa-se essa forma independentemente do verbo auxiliar. (por exemplo, "era/tinha amado" "é/tem feito", etc)

Assim se fala, em bom português :)

(claro que a tendência da língua, enquanto organismo vivo, é para simplificar e, como o passar dos anos, a tendência é para prevalecer a forma irregular do particípio e cair a forma regular, a dita forma "comprida". Ainda assim, mesmo parecendo e soando mal, é correctíssimo).

sakura disse...

Obrigada a todas as que vieram aqui contribuir para a minha cultura. Parece que sim, soa mal mas está correcto. O que não quer dizer que vá começar a usar esta forma do verbo nas minhas frases.
E, o meu mau exemplo, em nada invalida o facto de se fazerem más traduções nas séries.

:)

Bjinhos***

disse...

Cada vez mais sofremos esse mal - eu sou da área das letras e fico horrorizada. Ainda ontem era qualquer coisa como "devíamos de fazer..." blechhhhhh.

Di disse...

Não podia estar mais de acordo contigo! Quantas vezes pensei em fazer um post sobre isso enquanto estou a ver as séries! É mesmo horrível... Parece que são pessoas do século passado a fazer as legendas, credo.

Beijo*

Di