terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Relativizar

Dou por mim a parar para pensar... Porque é que muitas vezes damos tanta importância a coisas tão pequenas?
Porque é que fazemos a nossa felicidade depender de coisas minúsculas quando comparadas com coisas muito mais importantes?
Porque é que discutimos, argumentamos, arranjamos mil desculpas absurdas para tentar justificar actos e comportamentos...quando são motivados por...nada?
Eu sei. As mulheres são complicadas, mas não venham cá com coisinhas porque os homens também são.
Enchemos a cabeça de pensamentos tontos e inseguranças. Minhocas, como eu lhes chamo.
Mas, no fundo, nada disso importa.
É preciso relativizar.
Porquê tornar um dia num dia mau, se podemos estar bem?
Há coisas tão importantes como o facto de se estar junto, de se ter alguém tão importante na nossa vida. Coisas importantes como ter saúde. Sim, porque há muitas coisas a que nunca damos valor nesta vida. Coisas a que só se dá valor quando se perdem... Perder alguém, perder a capacidade de andar, perder a fala, perder a audição ou até a visão... Já imaginaram? Como seria se algo assim acontecesse? É preciso dar valor a tudo de bom que temos.
Perder tempo com ninharias? Não digo que não penso nessas minhoquices. Mas estou a aprender a substituir esses pensamentos por algo mais positivo, mais útil, mais construtivo e menos destrutivo...
Nem sempre é fácil, principalmente quando as coisas pequeninas, minúsculas não param de aparecer na minha vida...
Complicado? Eu sou assim.

11 comentários:

Patrícia disse...

Como te entendo...

Lia disse...

Todos perdemos tempos com minhoquices...até acontecerem coisas realmente sérias, que nos fazem perceber que andavamos a dar importância ao que não a tem...

Complicada? Somos todos!

S* disse...

Eu dou importancia às coisas mas acho que sei distinguir o importante do secundário.

disse...

Entendo-te perfeitamente minha querida...

Girl in the Clouds disse...

Isso é verdade, não devíamos nos moer com coisas pequenas, mas às vezes é assim!!
Respondi à questão das galochas, se precisares de mais alguma info diz!!

P. disse...

Tens tanta razão no que escreves...

Anira the Cat disse...

Pequenas migalhas podem estragar a engrenagem, mas também são mais fáceis de afastar... basta querer.

Olhos Dourados disse...

Pois é.

maçã disse...

é apenas uma questao de aprender a relativizar cada situação, mas isso faz parte do crescimento o que cpm 5 anos era um drama agora olhamos para trás e rimos,cada idade tem dessas coisas, e havemos de olhar para trás com 80anos as duas a comer pizza e a beber chá e a rir das tontices desta idade. Vai com calma, tudo vai correr bem

Malinha viajante disse...

As pequenas coisas assumem uma importância na nossa vida bem maior que outros acontecimentos ;(
bjs

Pinkk Candy disse...

Tens toda a razão, às vezes complicamos demasiado, devemos tentar ao máximo descomplicar e tudo será mais fácil. =D

xoxo