sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

To give


Adoro dar prendas às pessoas de quem gosto.
Mesmo prendas sem razão de ser, porque dar não precisa de dia nem de hora marcados.
E por prendas não estou a falar de coisas de preço exorbitante. O preço não importa, o que importa é o carinho que colocamos nesse gesto.
Quando escolho um presente para alguém, tento ir de encontro ao gosto da pessoa a quem se destina a oferta... Normalmente acerto, mas não é algo infalível.
Gosto especialmente de oferecer coisas feitas por mim, o que não é a regra já que o tempo não abunda e é muito mais fácil ir a qualquer lado comprar.
Mas, quer seja algo feito por mim ou não, gosto que gostem do que ofereço. Sabe bem saber que gostaram, sabe bem ver os sorrisos...
Passei uns dias de volta de um presente para alguém muito especial, a cuidar de cada detalhe... E dou por mim feita criança, em pulgas para que chegue o dia de o oferecer.

3 comentários:

Olga disse...

Isso é muito querido e nós valorizamos sempre presentes que têm algo da pessoa que os ofereçe. Beijinhos.

Olhos Dourados disse...

Também gosto dessa sensação!

Viagem Sem Retorno disse...

eu também...

Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/